NOTÍCIAS

Alemanha passa exigir testes de COVID-19 negativo para todos que chegam através de voos

O Ministério Federal da Saúde da Alemanha anunciou que todas as pessoas que entram no país de avião são agora obrigadas a apresentar um resultado negativo de testes de COVID-19 antes do embarque.

Independentemente da área de risco de onde viajam, todas as pessoas devem se submeter às mesmas medidas. No entanto, o swab no qual o teste do Coronavírus se baseia não deve ter mais de 48 horas, explica o Ministério Federal da Saúde em uma sessão de perguntas e respostas publicada em seu site oficial.

Os novos regulamentos entrarão em vigor de 30 de março a 12 de maio de 2021.

Os requisitos se aplicam apenas a viajantes aéreos. No entanto, outras formas de transporte também serão afetadas para os viajantes que entram em áreas de alto risco. Além disso, tripulações, membros da tripulação e crianças menores de seis anos estão isentos das novas regras.

O ministério informou que os testes dos viajantes devem ser realizados em laboratórios aprovados no exterior. Os resultados do teste devem estar disponíveis antes da partida para que o viajante possa apresentá-los à transportadora, e os custos devem ser custeados pelos próprios passageiros.

Leia Também:

 

Além disso, o ministério afirmou que ninguém é obrigado a fazer testes de COVID-19. No entanto, as companhias aéreas só podem transportar passageiros que apresentem resultado negativo no teste.

Comentando sobre o reconhecimento do teste, o Ministério anunciou que os métodos de tecnologia de amplificação de ácido nucleico (PCR, LAMP, TMA) e teste de antígeno são reconhecidos. Em contraste, os testes de anticorpos não são reconhecidos.

Covid-19, Vírus, Coronavírus, Pandemia

Os testes rápidos de antígenos são reconhecidos se cumprirem os requisitos mínimos recomendados pela OMS, os quais, em comparação com os testes de PCR, devem atingir ≥80 por cento de sensibilidade e ≥97 por cento de especificidade.

Os exames devem ser acompanhados por uma terceira pessoa autorizada, que deve confirmar a identidade da pessoa testada por meio de uma foto oficial de identificação. O resultado dos testes de COVID-19 deve incluir o tipo do teste e a data em que foi realizado, e deve ser apresentado em formato físico ou eletrônico em qualquer um dos seguintes idiomas: alemão, inglês ou francês.

Para que as autoridades de saúde possam comparar os critérios, devem ser fornecidas informações sobre o teste do antígeno e o fabricante.

“O transporte pela transportadora só é permitido com certificado de teste negativo. O isolamento de acordo com os regulamentos locais deve ser realizado por sua própria conta e risco ”, diz o comunicado de imprensa do Ministério sobre os cidadãos alemães que por acaso estiveram no exterior após o teste ser positivo.

O procedimento de verificação do teste será realizado pelas transportadoras aéreas. Além disso, a Secretaria de Saúde e a Polícia Federal podem exigir a apresentação do certificado de teste.

O Ministério explicou ainda que as pessoas que não apresentarem o certificado de teste durante o processo de inspeção serão impedidas de entrar no país. O mesmo se aplica a pessoas que oferecem dados inválidos. A violação dessas obrigações está sujeita a multa.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Optimized with PageSpeed Ninja