BRASILDESTINOS

Dicas de viagem em Serra do Cipó

Minas Gerais é um dos Estados mais ricos quando o assunto é natureza, cachoeiras e montanhas. A Serra do Cipó – Minas Gerais é um dos pontos mais icônicos e recebe milhares de turistas por anos.

Sua fama não é à toa, as paisagens são realmente extraordinárias e quem passa alguns dias na região não se arrepende – muito pelo contrário, o passeio é realmente agradável e relaxante.

Há atividades para todos os gostos. Seja para relaxar ou para praticar atividades radicais, a Serra do Cipó conta com muitas atrações. Além de, claro, a gastronomia mineira, que é muito acolhedora.

Apesar de cada canto ter a sua beleza, é importante conhecer melhor a região antes de se aventurar por ela. Somente se programando é possível otimizar a viagem e conhecer o máximo de pontos.

Serra do Cipó – Minas Gerais

Quais são os principais pontos turísticos da Serra do Cipó – Minas Gerais

Localizada na região metropolitana da cidade de Belo Horizonte, a região da Serra do Cipó – Minas Gerais é uma das províncias turísticas da capital. Dentre os seus principais pontos turísticos estão:

  • Parque Nacional

Uma visita ao Parque Nacional é algo praticamente obrigatório. O local fica na Serra do Espinhaço e possui aproximadamente 33.800 hectares, ou seja, é uma área realmente grande.

A administração é feita pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. A principal atração no local é a divisão entre o Rio São Francisco e o Rio Doce.

  • Cachoeira Grande

Como dito logo no começo, Minas Gerais tem muitas cachoeiras. A Cachoeira Grande tem nove metros de altura e cerca de 50 metros de extensão. O acesso é fácil e dá-se depois de 1 km de trilha.

O local é realmente incrível e para aqueles que gostam de cachoeiras é uma parada obrigatória.

  • Cachoeira Véu da Noiva

Essa cachoeira também é muito conhecida na região. São três quedas no total, de 70 a 120 metros. Além disso, conta com uma linda piscina natural. A área é particular e é cobrada entrada, no entanto, o valor é baixo.

  • Cânion dos Confins

O Cânion dos Confins é para quem gosta de relaxar em águas rasas, sentado nas pedras. É uma paisagem muito aconchegante.

  • Cachoeira de Baixo

A Cachoeira do Baixo, como o próprio nome já diz, não possui altura, são diversas pequenas quedas. Mas isso não tira nenhum ponto em beleza do local.

  • Estátua do Juquinha

Àqueles que gostam de história, a Estátua do Juquinha é uma parada interessante. A escultura é em homenagem a José Patrício, o Juquinha, um homem que vivia nas montanhas.

Tinha o costume de colher lindas flores e entregá-las aos turistas em troca de suprimentos ou roupas.

Leia também:

 
 
  • Cachoeira do Riachinho

A queda não é muito alta, tem aproximadamente 8 metros, mas deságua em 30 metros de poço.

  • Cachoeira das Andorinhas

A cachoeira das Andorinhas é uma das cachoeiras mais lindas de Serra do Cipó – Minas Gerais. É rodeada por afloramentos rochosos e tem uma altura de 30 metros.

  • Cachoeira do Tabuleiro

A Cachoeira do Tabuleiro é a mais alta do Estado de Minas Gerais, contando com, aproximadamente, 272 metros.

Onde comer na Serra do Cipó – Minas Gerais

A Serra do Cipó – Minas Gerais tem diversas opções, com restaurantes, bares e coisas do gênero.

Um deles é o Bon Appetit Bistrô, que fica no centro da Serra do Cipó. O estabelecimento não oferece dos preços mais baratos, no entanto, é um ambiente muito agradável e a comida servida é bem apreciada.

Outro restaurante conhecido na região é o Panela de Pedra. O valor é parecido com o Bom Appetit Bistrô, assim como a qualidade também é impecável.

Uma opção mais barata é o Chapa-hall’s, mas o forte do estabelecimento são os frutos do mar.

Outros restaurantes também são bem famosos na região, como: Filomena – Bistrô e Casa de Chá, Madalena Hamburgueria, TRIBO DO SOL Restaurante Gourmet e Restaurante Parador Nacional.

Mais dicas sobre a Serra do Cipó

Rosa, Jardim, Serra Do Cipó, Paisagem, Romance
dicas para ir a Serra do Cipó
  • Como chegar

É possível chegar à Serra do Cipó – Minas Gerais de avião, mas não diretamente. O aeroporto mais próximo é o de Confins, em Belo Horizonte. A distância é relativamente pequena, sendo de apenas 60 km.

Para quem mora mais perto e tem a possibilidade de ir de carro, o acesso é feito pela MG-010. Há também a possibilidade de ir de ônibus (tanto de outros estados quanto do aeroporto).

Leia também:

 
  • Quando ir

A melhor época para visitar a região é de maio a setembro, isso porque as chuvas são mais escassas e a vegetação está robusta. Entre os meses de outubro e abril o tempo é mais fechado.

A Serra do Cipó – Minas Gerais é um lugar lindo e vale muito a pena conhecer. Não há tanta necessidade de guia, pois os pontos turísticos são de fácil acesso. Alguns deles são pagos, mas os valores não costumam passar de R$20,00.

 

Facebook Comments

0 0 votos
Deixe uma nota
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Artigos relacionados

0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comentex
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja