ÁFRICADESTINOS

Guia de viagem da Etiópia: fatos e informações essenciais

Desde suas antigas atrações históricas até as tradições imaculadamente preservadas de suas tribos mais isoladas, a Etiópia é um dos destinos culturais mais populares da África Oriental.

Ao longo do ano, festivais religiosos fascinantes acrescentam um toque extra de cor às vilas e cidades do país; enquanto o cenário é diverso e bonito.

Montanhas imponentes, vales ribeirinhos remotos e um dos lugares mais quentes e mais baixos da Terra podem ser encontrados dentro de suas fronteiras.

Língua

A língua nacional oficial da Etiópia é o amárico.

Quando ir

No clima, a melhor época para visitar a Etiópia é durante a estação seca, que dura de outubro ao início de fevereiro. Neste momento, o clima é geralmente seco e ensolarado.

No entanto, melhores ofertas de passeios e acomodações podem estar disponíveis fora da estação, enquanto certos festivais religiosos acontecem durante os meses mais chuvosos.

Leia também: Destinos

Atrações principais

Lalibela

Localizado no coração das Terras Altas da Etiópia, Lalibela é um Patrimônio Mundial da UNESCO famoso por suas igrejas monolíticas cortadas em rocha.

Durante o século XII, a cidade foi um importante local de peregrinação para os cristãos ortodoxos, que a usaram como Jerusalém alternativa depois que a Jerusalém original foi capturada pelos muçulmanos em 1187.

Adis Abeba

É um lugar de contrastes onde o rural e o urbano se reúnem para criar uma mistura deliciosamente eclética de cabanas de barro, hotéis chamativos, mercados coloridos e festas de jazz noturnas.

Acima de tudo, é um ótimo lugar para provar a culinária única e deliciosa da Etiópia.

Região do rio Omo

A região remota do rio Omo é a melhor (e às vezes exclusivamente) acessada por veículo 4×4 ou jangada de água branca.

A jornada vale o esforço, no entanto, para a fascinante experiência de conhecer as tribos indígenas do vale.

Existem mais de 50 tribos do rio Omo e, com muito pouca influência externa, suas tradições e culturas permaneceram praticamente inalteradas por centenas de anos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo